domingo, 11 de setembro de 2005

InterRail 2005, Bucarest (5ºdia)

Ate dormi bem esta noite! Mas nao faltaram as interrupcoes do meu sono REM. Pediram-me o passaporte ou o bilhete umas 6 vezes durante a noite. A certa altura tambem ligaram o aquecimento dentro do comboio e parecia que estavamos dentro de um forno.

Chegamos a' estacao. Estavamos de sobreaviso para nao dar confianca ao pessoal que nos querem oferecer taxi ou um quarto. Havia gajos a cobrar 30 euros por uma viagem de 1,5 euros ate a' pousada. Encontramos na estacao uma brochura a fazer publicidade a esta pousada Elvis Villa Hostel e decidimos espreitar.

Uma das primeiras tarefas ao chegar um novo pais e trocar euros pela moeda local. A moeda da Romenia (o Lei), nao podia ser do mais complicado: 1 euro = 35000 Leis = 3,5 New Leis. O que o "New Lei" ? Eles estao no processo de troca de moeda, em que retiraram 4 zeros a' moeda. O problema e' que as duas ainda estao em circulacao por isso promete dar confusao ...

A japonesa ja tinha saido noutra estacao e a australiana acabou de ficar connosco na nossa camarata na pousada. A camarata tinha 12 beliches e estava a' pinha.

Primeira missao apos chegar a' pousada. TOMAR UM BANHO!!! O primeiro apos o inicio desta aventura. Fiquei logo muito relaxado para o resto do dia.

O ambiente da pousada era fenomenal. Estavam la' muitos ingleses, alguns americanos, uma chinesa e outra japonesa e um alemao. A entrada da pousada tinha umas escadas e umas mesas e todoes estes formava um circulo para a conversa. Todos eles com boas historias para contar do que tinham feito ate ao momento. Acabamos por nos misturar e foi muito bem recebidos na conversa. Este para mim e' o espirito de um InterRail! Esta partilha de experiencias e a sensacao no fim que apesar de diferente, somos todos iguais. Todos se riem das mesmas piadas, por exemplo!

Fomos visitar logo de seguida o megalomano Palacio do Povo do Chelseusco. Impressionante o tamanho do edificio. O segundo maior logo a seguir ao Pentagono. Apos isto, andamos a pe' perdidos umas 3 horas sobre um Sol abrasador pelas avenidas meio "dodgy", como a Aussi lhes chamava, de Bucareste. Acabamos por nos meter no metro e so' parar no ultimo local que um turista devia ir em viagem ... o Shopping local.

Chegados la' parecia que estava em casa. A decoracao e' a mesma, cheio de miudas a passear pelas montras mas para minha desilusao, os precos sao os mesmo que em Portugal. Mas nao surpreendente e' quem pode andar a passear por la'. Pelo parque automovel presente no estacionamento (BMW 6's, SL's, AUDIs), aquele shopping so' estava ao alcance de alguns afortunados (ao mais mafiosos ;)

Passado pouco tempo voltamos para a pousada e ficamos mais umas horitas no convivio com os "backpakers" presentes. E' muito facil arranjar sempre motivo de conversa. De onde somos, onde estivemos, para onde vamos, opiniao das cidades ainda por passar, historias do dia na cidade, etc etc.
Mas logo o sono comecou a bater. E claro o momento mais esperado do dia. Um colchao pela primeira vez!!!