sexta-feira, 12 de outubro de 2007

O que fazem a ASAE, o MAI e o MDN por aqui?

Acabei de receber o relatório periódico do Google Analytics com as estatísticas e informação diversa dos utilizadores que visitaram o meu blogue durante a última semana.

Google Analytics Network Location

Uma das secções mais interessantes deste relatório é a "Network Location". Esta é a lista das entidades a quem pertence o IP de quem consultou a minha página. Para simplificar, o IP é um número único num determinado instante de tempo que identifica univocamente "a pessoa" que está a navegar a web. 

No topo desta lista aparecem sempre os ISPs nacionais como a TvCabo, a Novis ou o "Comite Gestor da Internet no Brasil", que está sempre destacado em primeiro lugar no número de acessos.  Mas para o fim dessa lista posso encontrar acessos de grandes empresas ou entidades govermentais que também são donas de gamas inteiras de IPs.

Na lista desta semana chamou-me a atenção as seguintes:
  • MAI - Ministério da Administração Interna (link)
  • ASAE - Autoridade de segurança alimentar e económica (link)
  • MDN - Secretaria geral do ministério da defesa nacional (link)
Estranho!!! O que poderei ter publicado do interesse destes organismos. Decidi logo investigar. O que se segue é uma pequena demonstração de como se pode usar o Google Analytics para conhecer um pouco mais sobre os visitantes deste blogue.

Lista dos donos dos IPs

Na lista da secção Network Location, seleccionei em "Ministerio da Administração Interna". 

Se seleccionar na lista de Segment a palavra Keyword, obtenho as palavras chaves que usaram no Google, para chegar à minha página. Neste caso foram: "paris bilhetes de metro e autocarro".

palavras chaves usadas

Continuando a seleccionar as diferentes àreas de Segment, acabei por saber queesta foi a única página lida só no dia 4 e que a origem geográfica foi Lisboa.

Para as restantes entidades ASAE e MDN, usaram ambas o Google para fazerem a respectiva pesquisa por "marginal castelo queijo" e "manutenção botes de borracha".

Será que eles sabem que nós sabemos o que andam a pesquisar para chegar as nossas páginas ?!?